domingo, 4 de abril de 2010

Especial Páscoa Capitulo 2

Deixo-vos o Especial Páscoa!

Capitulo 2

- E vens ter comigo porque…? – Perguntou ele.
- Porque tu sabes como ser romântico. Deixas sempre a Alice encantada! – Respondi.
Ele riu-se como se tivesse a gabar. Sentamo-nos no banco de baloiço de madeira e eu continuava sem saber como e o que dizer.
- Querida a única coisa que podes fazer é dizer o que sentes… - Disse ele.
Já sentia as coisas mais calmas, olhei para o relógio e já estava na hora de ir ter com o meu Jacob.
- Obrigada… - Respondi dando-lhe um beijo na bochecha gelada.
Fui a correr em direcção á praia de La Push, quando cheguei o Jacob estava sentado na areia de manga curta, meu deus como ele não tinha frio! Eu própria tive de vestir um quispo. Sentei-me ao pé dele e dei-lhe um beijo na cara, era o que fazia sempre que o via. A bochecha dele era tão quente, ai ele era LINDO!
- Jacob, enquanto estou a falar por amor de deus não me pares! – Ele abanou a cabeça – Então o que se passa é o seguinte: Amo-te, acredita amo-te mesmo, e de qualquer da maneiras este momento ia chegar…por isso. – E dei-lhe um beijo na boca.
Sinceramente não sabia se os mais provável era ele fugir ou voltar a beijar-me mas se fugisse então tinha feito o pior erro da minha vida.
- Eu também te amo! – Disse o Jacob. E voltei a beija-lo.
Sim…este era o beijo com que eu tanto sonhei e que tanto eu desejava, e que tantos suspiros o meu pai deu a ver-me sonhar com isto.
- Olha o casalinho maravilha! – Disse a Leath.
Parva, a Leath teve a impressão pelo Jacob o que me irritava profundamente. Ele era MEU namorado por isso ela que se deixa-se de se atirar a ele. Levantei-me e larguei a mão do Jacob.
- Olha Leath, vai dar uma volta e deixa-nos á vontade… - Disse eu calmamente.
- Leath, vai embora…como a Nessie disse vai embora queremos ficar os dois… - Disse o Jacob.
- Eu vou mas volto. – Disse ela.
Parva! Só me apetecia matá-la! Não me importava nada de lhe morder…mas eu nem sei se tenho mesmo veneno ou não…bem mais vale estar quieta.
- Oh que giro finalmente...pensei que nenhum dava o braço a torcer. – Disse o Billy.
- Olá… - Respondi.
- Vou já contar ao Charlie o que se passa! – Disse o Billy indo embora.
Pois o meu avô Charlie já sabia o que se passava…sabia que o Jacob era lobisomem, que a minha mãe era vampira e que a minha família também era, e inclusive que eu era semi-vampira. E que como a minha mãe dizia dava muito jeito porque assim não tinha que lhe esconder nada. Sorri para o Jake e fomos contar aos meus pai, estávamos á porta da casa grande quando a Esme abre a porta e sorri.
- Olá meus amores… - Disse ela dando-nos dois beijinhos na cara a cada um.
Entramos de mãos dadas e ficaram todos a olhar para nós o meu pai levantou-se e começou a falar, instintivamente fui afastando-me para trás do Jacob.
- Nessie – a minha mãe interrompeu.
- Edward! – Disse ela. A minha mãe odiava que me chamassem Nessie para ela parecia que me estavam a chamar o Monstro Nessie.
- Desculpa Bella. Bem Renesmee pronto eu sabia que este dia ia chegar por isso…hum…parabéns! – O Sr. Cullen estava mesmo a dizer aquilo? Uau, que mente tão aberta! Será que ele também me deixava ir de férias com ele?
- Não isso não! Bem logo se vê! – Disse ele, uau, um logo se vê isso é bom.
- Não quero conviver com um cão! – Gritou a Rosalie.
- Rosalie cala-te! – Gritou o Carlisle.
-Então habitua-te! – Respondi.
Fui passear com o Jacob pela praia, continuava triste e agarrada ao ombro dele. Nenhum de nós falou, estava a chegar a hora de jantar e não me apetecia sair dali!
- Desculpa querida… - Disse o Jacob.
- Jake, não tens culpa. Se ela se quer armar em criancinha irritante então que se arme! – Respondi beijando-o. Não queria nada ir embora…mas teve de ser, o Jacob levou-me a casa não queria nada deixa-lo! Quando entrei em casa e a Rosalie estava sentada no sofá, fiquei cheia de medo, o que será que ela ia dizer? Que nunca mais queria me ver?
- Nessie desculpa a tia! Se gostas dele pronto ok, eu aprendo a conviver com um cão. – Disse ela.
- Tia…eu adoro-te! – Disse eu abraçada a ela.
- Anda! Vais jantar lá a casa hoje, os teu pais já lá estão! – Disse ela.
Depois do jantar conversamos até que eu já não me aguentava, fui para casa com os meu pais e fui dormir.


Espero que tenham gostado.
Beijinhos Mel's

Sem comentários:

Enviar um comentário

Se for comentar, gostaríamos que soubesse de algumas regras que temos:

- É proibido falar palavrões
- É proibido insultar outra pessoa por comentário
- É proibido causar brigas...
- É proibido falar mal do blog
- É proibido comentários insanos.
- Se tiver alguma dúvida, entre em contato conosco, por esse e-mail: stardollbomba@hotmail.com

Obrigada por ler e comentar!